sexta-feira, 22 de junho de 2007

Reflectir ... Ponderar ...

Um fazendeiro coleccionava cavalos e só faltava uma determinada raça.
Certo dia, ele descobriu que o seu vizinho tinha esse determinado cavalo.
Assim, ele atazanou o seu vizinho até conseguir comprá-lo. Um mês depois o cavalo adoeceu, e ele chamou o veterinário:
- Bem, o seu cavalo está com uma virose, é preciso tomar este medicamento durante três dias, no terceiro dia eu retornarei e caso ele não esteja melhor, será necessário sacrificá-lo.
Neste momento, o porco escutava toda a conversa. No dia seguinte deram o medicamento e foram embora. O porco aproximou-se do cavalo e disse:
- Força amigo! Levanta-te daí, senão serás sacrificado!
No segundo dia, deram o medicamento e foram embora. O porco aproximou-se do cavalo e disse:
- Vamos lá amigão, levanta-te senão vais morrer! Vamos lá, eu ajudo-te a levantar... Upa! Um, dois, três.
No terceiro dia deram o medicamento e o veterinário disse:
- Infelizmente, vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a virose pode contaminar os outros cavalos. Quando foram embora, o porco aproximou-se do cavalo e disse:
- Amigo é agora ou nunca, levanta-te logo! Coragem! Upa! Upa! Isso, devagar! Óptimo, vamos, um, dois, três, optimo, muito bem, agora mais depressa vai... Fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa! Vences-te, campeão!!
Então de repente o dono chegou, viu o cavalo a correr no campo e gritou:
- Milagre! O cavalo melhorou. Isso merece uma festa... Vamos matar o porco para comemorar!


*** Reflexão: ***
Isso acontece com frequência no ambiente de trabalho. Muitas vezes não se percebe quem são os funcionários que tem o mérito pelo sucesso.
Saber viver sem ser reconhecido é uma arte.
Se algum dia alguém te disser que o teu trabalho não é de um profissional, lembra-te: Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic!

14 comentários:

Maria disse...

Uma grande verdade, sim senhora! Muitas vezes, os veradeiros trabalhadores ficam por trás dos louros mas mais dia, menos dia, a verdade vem ao de cima!
Beijinhos!

ariana disse...

Brilhante o texto.
Deixou-me a pensar imenso!
Fica bem. Bjs docinhos.

mãe tataruga disse...

Lindo e muito verdadeiro!!! mas injusto tambem:)
Beijinhos e um optimo S. João, apesar de ser a um domingo, né?

Marco disse...

Os louros devem ser concedidos a quem pouco faz ou quem só faz merda. Desta forma podem rapidamente progredir na carreira e deixar de atrapalhar os que realmente trabalham.

Carina M disse...

Muitas das vezes no calor do momento, não pensamos nisso e queremos que o nosso trabalho seja reconehcido, mas acho que tudo a seu tempo revela-se. Boa sorte nesta tua nova fase, e pensa positivo.
Bjs

María&Peste disse...

Gostei muito do texto..muito verdadeiro..Bjnhos

gaiatA disse...

É verdade das grandes..

Um beijinho*
Aproveita o fim de semana*

Pedro & Pedro (filho) disse...

Ó pá!! Isso não é justo!!
Mas infelizmente é a realidade!
E sobre a reflexão é a pura verdade! Estou contigo!
Tens que ter calma! Melhores dias virão!
Bom fim-de-semana, bom S. João.
Bjinhos.Pedro

Tânia disse...

Minha querida, este assino por baixo... Beijocas

Assino mesmo... Irra, que neura!

Vida a 4 disse...

É verdade!!! O porco acaba sempre por ser sacrificado, ou o pato ou o galo, enfim, o que é comestível e menos agressivo, por isso eu tenho mau feitio, sou pouco dada a conversas pessoais no meu local de trabalho e há dias em que não me vêm os dentes...
Também ninguém me ajuda se eu cair, sei disso, mas paciência.

Gostei da reflexão. É de tua autoria?

Como estão os meus genros? Tu também és daquelas que martela o pessoal no dia de hoje? Temos de falar sobre isso, não acho piada nenhuma.

Beijocas

Gioconda disse...

Porra... ganda azar que o porco teve mas isso fez-me lembrar uma historia... em que eu por acaso fiz de porco... obalhamedeus... ;)

Goblin disse...

é mais uma para guardar!!
que história mais triste.. mas verdadeira!

pois o titanic afundou...

beijocas

Cleo disse...

Já conhecia a reflexão, e é uma grande verdade.

Mas, eu hoje sei, que tudo na vida dá uma volta, e por vezes uma grande volta.

Tem calma e acredita que tudo vai correr bem, mesmo quando parece que tudo corre mal.

Envio-te um e-mail com um exemplo de uma grande volta da vida!

Beijos

Cleo disse...

pois.. hehehe, não encontro o teu e-mail!

Podes enviar-mo?

Beijokas